Governo dá o primeiro passo para implantação da robótica nos Centros Educa Mais

Professores dos Centros Educa Mais em formação de robótica, no Almirante Tamandaré (Foto: Lauro Vasconcelos)

As formações tecnológicas são cada vez mais exigidas pela sociedade atual e se configuram em excelente oportunidade para a obtenção de conhecimentos científicos. Pensando nisso, o Governo do Maranhão deu início, nesta segunda-feira (1º), à 1ª Formação em Robótica Educacional, destinada a professores dos Centros Educa Mais da Macrorregião de São Luís. O evento será realizado no Centro Educa Mais Almirante Tamandaré, das 8às 17h, e segue até quinta-feira (4).

Cerca de 60 professores, divididos em dois grupos de 30, serão formados neste primeiro momento. A medida segue a orientação de órgãos de vigilância sanitária para evitar aglomerações e diminuir os riscos de contaminação pela Covid-19. Nesta segunda (1º) e terça-feira (2), participam da Formação professores do primeiro grupo; na quarta (3) e quinta-feira (4), professores do segundo grupo.

“Estamos iniciando a nossa Formação de Robótica Educacional dos Centros Educa Mais. Esse é um momento de muita alegria, mesmo em um cenário pandêmico, estamos conseguindo realizar um tipo de formação como essa, seguindo todo o protocolo de segurança e dando esse passo importante dentro da educação do Estado. Estamos muito orgulhosos pela implementação desse tipo de metodologia, que é de suma importância para o ensino e aprendizado de nossos estudantes”, expressou o coordenador de Inovação da Rede de Ensino em Tempo Integral, Thiago Gomes.

O professor de Física do Centro Educa Mais Barjonas Lobão, Danilo Nogueira, expressou a satisfação pela Formação de Robótica Educacional para os professores. “A maior importância nessa formação de robótica é tentar aprimorar o máximo possível para repassar para os alunos. Sou muito grato pela formação que a Seduc está proporcionando para nós professores, é mais um aprendizado para a nossa vida profissional”, agradeceu.

A formação está dentro do cronograma geral do Governo do Maranhão e contempla uma das etapas do Plano de Inovação, divulgado ano passado, e que possibilitou a entrega dos kits de robótica, espaços make, computadores, implementação e implantação de laboratório referentes à Base Nacional Comum Curricular (BNCC), dentre outras ações.

Materiais utilizados durante a formação de robótica (Foto: Lauro Vasconcelos)

O professor de Educação Física do Centro Educa Mais, Fernando Soares, destacou a importância da formação para os professores. “Essa formação é importante porque vem agregar conhecimento. Trazer novos valores, trazer conhecimentos, principalmente de maneira interdisciplinar, é importantíssimo para o nosso currículo. A formação ajuda a aprofundar conhecimento sobre as eletivas que trabalhamos na escola, no caso a Robótica, e engrandece muito o nosso saber e o fazer pedagógico dentro da instituição de ensino”, destacou.

Depois da formação, os professores serão acompanhados mensalmente para que sejam implementadas as ações da formação nas escolas e, ainda, receberão o suporte necessário, como consultoria e ajuda de mentores para auxiliar na elaboração de aulas, visando um melhor desempenho de suas atividades.

O responsável pela formação é o professor Jocelúcio Xavier, que defendeu o uso da tecnologia para ajudar os estudantes na apreensão de conhecimento. “Na formação, utilizamos instrumentos tecnológicos para auxiliar o professor em suas aulas. A metodologia contribui para que o estudante aprenda de maneira divertida e apreenda os conteúdos de maneira significativa”, ressaltou.