Em parceria com o Hemomar, UPA de São João dos Patos realiza campanha para doação de sangue

Secretário Carlos Lula foi o primeiro a doar sangue. (Foto: Caio Oliveira)

Com o objetivo de captar mais doadores de sangue, a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de São João dos Patos, em parceria com o Hemomar, realizou nesta terça-feira (5), uma campanha de doação de sangue voltada para moradores da cidade e região. A ação aconteceu no Centro de Ensino Josélia Almeida Ramos. O secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula, esteve presente na ação e foi o primeiro a doar sangue.

“Nós tivemos uma queda muito grande no nosso estoque de sangue por conta da pandemia. E sangue é um material que não se consegue comprar; só conseguimos através de doação das pessoas. Agradecemos a parceria com a prefeitura de São João dos Patos, pois com Governo, municípios e iniciativas privadas trabalhando juntos, nós conseguiremos aumentar o estoque de sangue em todo o Maranhão”, ressaltou o secretário.

A coordenadora da coleta externa do Hemomar em São Luís, Valma Costa, fala sobre a importância das ações externas para aumentar o estoque de sangue do Hemomar. “Sabemos que tem muitas pessoas que necessitam de sangue, e o número de pacientes que precisam é muito maior que o número de doadores, por isso saímos da capital e viemos para bem pertinho do doador”, diz a coordenadora Vilma Costa.

De acordo com o diretor administrativo da UPA de São João dos Patos, Pedro Neto, esta foi a primeira campanha de doação de sangue realizada pela unidade. “As bolsas coletadas aqui serão levadas para São Luís, e como nossa referência regional é Balsas, de acordo com a quantidade de bolsas que conseguimos coletar nesta ação, teremos o crédito de bolsas a serem direcionadas para a nossa regional”, explicou.

O professor Tauan Araujo Batista, 27 anos, é morador de São João dos Patos e aproveitou a ação para fazer a doação de sangue. “Toda vez que posso, eu estou doando sangue. E faço isso pensando no outro, pois se cada pessoa tirasse um pouco do seu tempo para doar sangue, os bancos de sangue não passariam tanta necessidade”, disse o professor.

O Exército Brasileiro também esteve presente na campanha de doação de sangue. “Estamos ajudando o próximo, pois tem muita gente precisando. Dessa forma, estamos salvando vidas. É muito importante que cada um faça a sua parte”, afirmou o soldado Alex Pereira Castelo Branco, de 25 anos.