O governador Flávio Dino lançou, na quinta-feira (4), às 9h, no Salão de Atos do Palácio dos Leões, em São Luís, ações voltadas para a formação e qualificação de professores de povos e comunidades tradicionais do Maranhão, com o objetivo de que eles assumam o processo de escolarização em seus territórios, incluindo curso de licenciatura exclusivo para quilombolas, e para que pessoas com mais de 60 anos tenham acesso ao ensino superior. Ambos os programas se dão através da Universidade Estadual do Maranhão (UEMA).