Índice de Atividade Econômica do Setor Agropecuário é lançado pelo Governo do Estado

O setor primário apresentou variação positiva de 2% em relação ao ano anterior, no 3º trimestre de 2021. Esse dado está presente no Índice de Atividade Econômica do Setor Agropecuário, referente ao mesmo período, que foi lançado, na segunda-feira (27), pelo Instituto Maranhense de Estudos Socioeconômicos e Cartográficos (Imesc), autarquia vinculada à Secretaria de Estado de Programas Estratégicos (SEPE).

“A agropecuária apresentou crescimento no terceiro trimestre, com perspectivas de resultado positivo no ano. A agricultura, atividade que detém maior contribuição nesta atividade, apresenta boas perspectivas na produção de grãos. Por sua vez, a pecuária apresenta queda no acumulado do ano”, destaca o presidente do Imesc, Dionatan Carvalho.

A variação positiva de 2%, no setor primário, em relação ao ano anterior, pode ser explicada pelo desempenho do setor agrícola que, de acordo com a estimativa do LSPA (junho de 2021), a colheita de cereais, leguminosas e oleaginosas será 5,6% maior que 2020. Já a pecuária apresentou dificuldade com a elevação dos custos no setor.

A agricultura apresentou desempenho positivo, com forte influência dos principais grãos (soja e milho) cultivados no estado. Já a pecuária apresentou retração influenciada pelos impactos da pandemia no setor.

Em se tratando da pecuária, os abates de bovinos, atividade com maior representação na produção de proteína animal no estado, cresceram 4,1% contra o mesmo trimestre do ano anterior. Apesar dos abates apresentarem crescimento no terceiro trimestre, essa atividade retraiu, haja vista que a elevação dos custos dificulta a recuperação desta atividade.

Confira o Índice clicando no link: http://imesc.ma.gov.br/portal/Post/view/atividade-economica-do-setor/504