Centros de Atendimentos aos Turistas voltam a funcionar

Centro de Atendimento do Turista

Atendimento obedece aos protocolos para combate à Covid-19. Foto: Divulgação

Uma das ações de retomada do setor turístico é a reabertura dos Centros de Atendimentos aos Turistas (CAT’s) da capital maranhense que voltaram a funcionar com todas as medidas sanitárias exigidas. Foram adotados novos protocolos que visam garantir a saúde e segurança como a demarcação e organização das filas, aferição de temperatura, distanciamento entre as pessoas. Em todas as unidades, os atendimentos são realizados apenas com utilização de máscaras, higienização das mãos com álcool em gel e há ainda a limpeza constante das dependências.

Segundo o secretário de Turismo, Catulé Junior, entre os viajantes que procuram os centros de informações muitos estão de passagem rápida pela cidade e a maioria tem buscado informações do Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses que reabriram. “Entre uma conexão e outra, ou em visita a parentes, aproveitam para saber um pouco mais dos atrativos turísticos que já estão reabertos e buscam no balcão dicas e sugestões de roteiro”, afirma Catulé Júnior.

Chegando à capital maranhense via aérea, os visitantes podem solicitar informações no CAT do Aeroporto Internacional Marechal Cunha, que iniciou o atendimento com horários reduzidos, das 8h às 20h, devido às medidas de prevenção. Entre os meses de janeiro e março, foram realizados 3.666 atendimentos, com informações em português, inglês, francês e espanhol.

“É extremamente importante que as pessoas sigam as medidas de prevenção, como o uso de máscara, distanciamento de 1,5 do balcão de atendimento e o uso de álcool em gel, diminuindo assim o risco de proliferação da Covid-19. Estamos todos usando máscara e temos disponível o álcool em todos os nossos centros”, afirma o guia de turista e atendente do CAT Aero, Paulo Juracy.

Atualmente, apenas o balcão de informações para turistas do Aeroporto de São Luís está com horário reduzido, mas assim que regularizar o fluxo aéreo voltará a ser 24 horas. Somente em 2019, foram 27 mil pessoas atendidas nos Centros de Atendimento ao Turista no Maranhão.

Para aquele que chega pelo Terminal Rodoviário de São Luís e deseja obter informações para aproveitar mais a capital, os horários de funcionando do CAT da Rodoviária são: de segunda a segunda, das 7h às 19h. Com o retorno dos atendimentos e a volta de 60% do transporte rodoviário, passam por dia no CAT Rodoviária cerca de 700 passageiros.

Os turistas que visitam a capital podem recorrer também ao CAT Espigão, localizado na Península, que possui horários de funcionamento variados: às terças-feiras e quartas-feiras, das 14h30 às 19h, as quintas-feiras, das 10h às 19h, as sextas-feiras e sábados, das 10h às 20h, e nos domingos e feriados, das 15h às 20h.

O CAT do Espigão possui o ambiente climatizado e decorado com painéis de fundo que retratam os principais destinos, ideal para fotos e interação dos visitantes, e tem ainda loja de artesanato e monitores para exibição de atrações dos polos turísticos do Maranhão.

A unidade do Centro de Atendimento ao Turista (CAT), que fica localizado no Viva Raposa, também voltou a funcionar diariamente, segunda a segunda, das 7h30 às 17h30. A Secretaria de Turismo (Setur), juntamente com a prefeitura de Raposa, através da Secretaria de Saúde e a Coordenação de Vigilância Sanitária, tem orientado os proprietários de embarcações que realizam passeios náuticos, quanto às medidas restritivas e preventivas quanto à Covid-19, para o retorno seguro das atividades no Município.

O atendimento está sendo realizado de forma gradual na unidade de Alcântara, em respeito às normas de segurança sanitária estabelecidas pelo Governo do Estado.

O Estado do Maranhão também já tem experiência em montar centros de atendimentos temporários durante grandes eventos como o São João, Carnaval e Natal. Segundo o secretário Catulé Júnior, há projetos de instalação do CAT ainda no aeroporto de Imperatriz e na cidade de São José de Ribamar, em parceria com a prefeitura municipal.