Estrada do Peixe é um importante canal para escoamento da produção e abastecimento das cidades

Os peixes cultivados abastecem, entre outros locais, os supermercados da capital maranhense. Foto: Divulgação

O Governo do Maranhão segue trabalhando para assegurar o abastecimento de alimentos e insumos no estado, durante o enfrentamento ao novo coronavírus (Covid-19). Para isso, por meio da Secretaria de Estado da Infraestrutura (Sinfra), equipes atuam na construção, manutenção e conservação das vias, visando garantir condições de trafegabilidade, permitindo que a população maranhense não fique desassistida.

Entre os exemplos dos trabalhos da Sinfra está a Estrada do Peixe, que liga Matinha ao povoado Itans, entregue pelo Governo do Maranhão em novembro de 2019, e que, hoje, é um importante canal de escoamento da produção da comunidade de piscicultores. Os peixes cultivados abastecem, entre outros locais, os supermercados da capital maranhense.

A Estrada do Peixe recebeu serviços de pavimentação asfáltica, drenagem, sinalização horizontal e vertical, beneficiando diretamente 80 famílias que integram a Associação dos Produtores (as) Rurais de Piscicultura e Pesca Artesanal do Povoado Itans e Circunvizinhos (APPI) e dando acesso a 15 povoados de Matinha e mais cinco do município de Viana.

A via possibilita que os insumos cheguem mais rápido aos produtores, aumentando a capacidade produtiva e escoando mais alimentos, que chegam até a mesa da população.

Apoio aos caminhoneiros

Para o secretário da Sinfra, Clayton Noleto, as medidas tomadas pelo Governo do Maranhão visam garantir a segurança, também, dos caminhoneiros, profissionais importantes no transporte de alimentos e insumos. “Nós estamos dando continuidade às atividades de recuperação de rodovias em todas as regiões do Maranhão para garantir a trafegabilidade. Além do trabalho de suporte aos caminhoneiros, com ações que oferecem condições de trabalho a esses profissionais fundamentais”, afirma.

Entre as ações adotadas pela Administração Estadual no suporte aos caminhoneiros, está o Decreto Nº 35.678, que mantém a circulação de cargas nas estradas, por considerar um serviço fundamental, tornando o trabalho dos caminhoneiros imprescindível, tendo em vista que é necessária a chegada de insumos e alimentos para abastecer a população. O documento afirma que não serão suspensos os serviços nos locais de apoio para o trabalho dos caminhoneiros, como, por exemplo, borracharias, oficinas e serviços de manutenção e reparação de veículos, assim como restaurantes e pontos de parada e descanso, às margens de rodovias, que continuarão em funcionamento.

O Governo do Maranhão disponibiliza, ainda, o número de WhatsApp (99) 9191-0709, para que os profissionais que trabalham com o transporte de carga possam entrar em contato e relatar a existência de algum problema nas estradas maranhenses.

Manutenção de rodovias

Além do apoio aos caminhoneiros, a Sinfra mantém equipes atuando nas regionais maranhenses nos serviços de manutenção, conservação e construção das vias, com profissionais que estão trabalhando e respeitando todos os protocolos de saúde e prevenção sobre o Covid-19. Os esforços estão sendo empregados a fim de garantir a trafegabilidade no Maranhão. Entre os trechos que estão em execução, está a MA-106, no trecho que liga Pinheiro a Santa Helena, que integra a regional Pinheiro, beneficiando a Baixada Maranhense; e a MA-375, ligando São Raimundo das Mangabeiras a Sambaíba, na regional Balsas.